Arena Hits
Banner Sites 1
DADOS DA SEMANA

Semana é marcada por medidas de impacto na economia

Confira os principais destaques do Governo Federal

21/09/2019 12h35
Por: Redação Agro Diário
Fonte: Governo Federal
Foto Reprodução/Pixabay.
Foto Reprodução/Pixabay.

Ao reassumir a Presidência da República nesta semana, após afastamento médico, o presidente Jair Bolsonaro sancionou projetos de lei.

Estatuto do Desarmamento e estende a posse de armas de fogo de proprietários rurais para toda a extensão do imóvel. Até a sanção, a posse era permitida apenas dentro da casa ou da sede, o que restringia a defesa pessoal e da propriedade.

Mudança na Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 (Lei Maria da Penha), para responsabilizar o agressor pelo ressarcimento dos custos relacionados aos serviços de saúde prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) às vítimas de violência doméstica e familiar e aos dispositivos de segurança por elas utilizados. A regra entra em vigor 45 dias depois da data da sua publicação.

Projeto de lei que permite às mães amamentar os filhos durante a realização de concursos públicos na administração pública direta e indireta para vagas no Executivo, Legislativo e Judiciário. A mãe poderá amamentar o filho por meia hora a cada duas horas, com o tempo utilizado na amamentação sendo compensado durante a realização da prova.

Semana do Brasil, evento que promoveu promoções no comércio varejista de 06 a 15 de setembro, envolveu mais de 14 mil participantes entre empresas dos setores varejista, imobiliário, de publicidade e de comunicação. O aumento nas vendas do comércio varejista foi 11,3% em relação ao mesmo período do ano passado com destaque para as áreas de cosméticos (+19,8%); móveis, eletroportáteis e lojas de departamento (+12,6%); turismo e transporte (+6,6%); vestuário e artigos esportivos (+6,1%); e supermercados e hipermercados (+4,5%). Os dados são da empresa de serviços financeiros Cielo.

Redução de 0,5 ponto percentual na taxa básica de juros, que serve como referência para os financiamentos que são praticados no mercado. Com a decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central, a Selic caiu de 6% para 5,5% ao ano. Esta foi a segunda redução seguida feita pelo Copom em 2019, reforçando o menor patamar para os juros no país desde 1986, quando o Banco Central deu início a série histórica.

Descontingenciamento de R$ 8,3 bilhões de recursos do Governo Federal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.